EGRESSO DA UNOESC ASSINA TERMO DE COOPERAÇÃO COM EMPRESA MASTER AGROINDUSTRIAL

EGRESSO DA UNOESC ASSINA TERMO DE COOPERAÇÃO COM EMPRESA MASTER AGROINDUSTRIAL

A Unoesc Videira sediou nesta sexta-feira​,​ 16, o ato de assinatura de contrato firmado pelo egresso do curso de Engenharia ​M​ecânica da Unoesc Joaçaba​,​ Jeferson Rodrigo Gatti e empresa Master Agroindustrial de Videira. Gatti​,​ que na mesma tarde defendeu sua dissertação de ​m​estrado em Ciência e Biotecnologia​,​ cursado em Videira, desenvolveu pesquisa de ​i​nseminação artificial de precisão, objeto do contrato assinado durante o encontro, o qual contou com a presença ​de representante da Master Agropecuária, ​do reitor da Unoesc Aristides Cimadon e demais dirigentes da universidade.

Jerferson desenvolveu uma nova tecnologia que resultou no projeto de ​i​nseminação artificial de precisão que beneficiar​á​ o setor da suinocultura e que assim como a M​a​ster, explica o egresso, outras empresas de médio e grande porte do Brasil ou exterior, poderão utilizar.

A inv​enção é composta por três equipamentos, que quando aplicado​s​ ao processo de inseminação artificial e tradicional, dobram o tempo de vida das células espermáticas, aumentando a qualidade biológica em 65%​,​ e o número de células vivas em 20% durante o proce​dimento.

Ele afirma que o termo é, na verdade, uma maneira de explicar o invento com base nos conceitos de eficiência produtiva, isso porque a tecnologia permite prolongar a vida das células fora do organismo de quatro para sete dias, o que representa uma melhora na qualidade biológica das células espermáticas para fins de reprodução.

— O que ocorre é uma manipulação da energia da célula espermática contida no sêmen. São três equipamentos que fazem funcionar a tecnologia. O resultado é um bom número de animais nascidos por inseminação artificial, mesmo após sete dias de sobrevida celular​ — ​afirmou Gatti.

Para a suinocultura, a invenção de Gatti, desenvolvida com material de baixo custo e fácil aplicabilidade, surge como proposta de redução dos gastos​ da inseminação artificial, uma vez que evita o desperdício do material biológico do animal e ainda diminui o estresse do macho doador pela menor frequência de coleta do sêmen.

— A nova tecnologia  beneficia​rá​ muito produtores, principalmente da nossa região. A intenção é expandir essa tecnologia para outras empresas da região e ao mercado nacional e internacional​ — ​.

Para Jésssica  Romeiro Mota diretora da Agência de Inovação e Relações internacionais -AGIR, esse é um momento de grande importância não somente para  o egresso, mas também para a Universidade que por meio de projetos de pesquisas, incentiva, desenvolve e promove a sustentabilidade.

Já o ​r​eitor da Unoesc ​d​r. Aristides Cimadon, enfatizou que o resultado des​t​e trabalho é fruto da dedicação e persistência do estudante e ​d​a orientação dada ao projeto​,​ pelo quadro docente do programa​, onde o grande​ ​beneficiado será  o grande O​este e ​V​ale do Rio do Peixe que precisam de ações e atitudes como essa para continuarem no caminho do crescimento e desenvolvimento.

— Está de parabéns o jovem empresário. Outras empresas  vão  rapidamente se interessar pela tecnologia de ponta desenvolvida por meio do projeto, onde a Unoesc deu todo o apoio no trabalho de pesquisa e dara continuidade  em outras iniciativas  e projetos como esse — finalizou.

PATENTE DE INVENÇÃO

A descoberta científica possibilitou ao estudante e empresário Jeferson Gatti, a geração de patentes de invenção, algo raro hoje em dia.

— A tecnologia foi aplicada em suínos, mas pode ser adaptada para outros animais, como o mesmo efeito​”​ — afirma Jeferson.

Outro mérito da pesquisa é o encontro multidisciplinar da engenharia com a biologia. Para chegar à solução, Jeferson estudou profundamente os conteúdos referentes às células espermáticas e o seu comportamento biológico para encontrar um ponto de junção entre as duas áreas tão distintas.

A pesquisa científica que resultou nesta tecnologia​, que potencializa a inseminação artificial​,​ foi apresentada em ​C​ongresso Brasileiro de Medicina Veterinária e outros eventos de grande porte, que ​resultaram a​o pesquisador​,​ ser indicado es​t​e ano, pela segunda vez, como um dos empreendedores de maior sucesso na América Latina, a concorrer ​à​ premiação do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), centro universitário de educação e pesquisa dos Estados Unidos, considerado um dos mais importantes do mundo​, referência​ na área da tecnologia e inovação.

O trabalho científico ficou entre os 40 melhores da área de reprodução animal, selecionados entre mais de mil e foi elogiado pelos principais profissionais da área de avaliação científica do​ ​Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária​.

A aplicação do projeto nas organizações está sob a responsabilidade da B.Tolls, criada pelo estudante​,​ e agora empresário​,​ que faz o controle e gestão ​pela WEB.

 

IMG_9423_-_Cópia

Deixe um comentário

Preencha corretamente os campos. *

*

Você pode usar Tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <strong>
<abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite="">
<cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike>